Centro Comunitário Irmãos Kennedy

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para navegação Ir para pesquisar

Extraído da página do coletivo no RioOnWatch  

CCIK.jpg
  • Iniciativa: Centro Comunitário Irmãos Kennedy – CCIK
  • ContatoFacebook
  • Ano de Fundação: 1969 / 2010
  • Comunidade: Vila Kennedy
  • Missão: O Centro Comunitário Irmãos Kennedy é uma associação sem fins lucrativos gerenciada por voluntários com o objetivo de realizar projetos sociais para desenvolver, empoderar e gerar oportunidades para a comunidade.
  • Eventos Públicos: O calendário dos eventos semanais e dos cursos oferecidos pelo CCIK pode ser encontrado em sua página do Facebook.
  • Como Contribuir: O CCIK busca parcerias financeiras para sustentar sua força de trabalho voluntária. Também está de portas abertas para voluntários que possam lecionar nos cursos existentes ou ofertar novos cursos. O Centro no momento precisa especificamente de voluntários com conhecimento de design gráfico e criação de websites.

Sobre o CCIK

O Centro Comunitário Irmão Kennedy (CCIK) é uma associação civil, de direito privado, sem fins lucrativos e econômicos, fundada no município do Rio de Janeiro no ano de 1969.

O CCIK está localizado na Estrada Sargento Miguel Filho, 371, Vila Kennedy, Rio de Janeiro – RJ. A mesma possui títulos, qualificação e certificação federal e detém uma história de ação social de efetivo êxito, atingindo o atendimento anual de mais de 100 famílias, boa parte dessas pertencentes à camada populacional de baixa renda.

Sua missão está voltada para a promoção e o desenvolvimento social no que confere ao campo educacional (cursos de idiomas, pré-vestibular, educação infantil, cursos de informática etc.) esportivo (taekwondo, dança, capoeira.), cultural ( artesanato, saraus, mediação em leitura.), assistencial (atendimento social, psicológico e jurídico), projetos sociais ( Arte de Conviver, Mulheres Empoderadas, Ser Jovem é ) e profissional (cursos de capacitação, entre outros) da população local e das redondezas.

Desde 2010, já foram mais de 10 mil atendimentos. 

Atividades - CCIK.jpg

“Hoje o centro comunitário faz de fato uma grande diferença: impacta diretamente a vida dessas pessoas. A gente tem consciência disso”, diz Verônica. Em média, o centro oferece mensalmente serviços para mais de 200 pessoas. Para cada curso oferecido, o CCIK recebe em torno de 70 a 80 cadastros, a demanda excede os recursos disponíveis. Por exemplo, 32 estudantes estão ativamente matriculados no curso de inglês, enquanto outros 40 estudantes estão na lista de espera. Similarmente, aproximadamente 25 estudantes estão matriculados nas aulas de taekwondo, para a qual existem mais de 50 cadastrados.