Complexo do Alemão - uma bibliografia comentada (livro)

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa

Organização: Alan Brum Pinheiro, Eugênia Motta, Pablo Cesar Benetti e Thiago Oliveira Lima Matiolli.

Publicação completa em PDF em: https://www.cepedoca.org.br/cepedoca/complexo-do-alemao-uma-bibliografia-comentada-em-pdf/  

Complexo do Alemão.jpeg

Apresentação

Esta publicação é um dos produtos do Projeto MEMÓRIA, IDENTIDADE E CIDADE: Caminhos para a construção do CEPEDOCA (Centro de Pesquisa, Documentação e Memória do Complexo do Alemão), apoiado com recursos de emenda parlamentar do Deputado Jean Wyllys.

Esse é um projeto de Extensão coordenado pela UFRJ em conjunto com o Instituto Raízes em Movimento. As unidades da UFRJ, a saber: FAU (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo), IPPUR (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano), IFCS (Instituto de Filosofia e Ciências Sociais) e NEPP-DH (Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas e Direitos Humanos); são parte desta ação conjunta com o INSTITUTO RAÍZES EM MOVIMENTO, que atua na cidade a partir do bairro do Complexo do Alemão desde 2001. O projeto tem como objetivo realizar o resgate da memória local e, a partir dela, propor novas formas de se conhecer o Complexo do Alemão e produzir a cidade.

Várias outras ações fazem parte deste Projeto, dentre elas:

O Vamos Desenrolar – Produção de Conhecimento e Memória, que consiste em debates em praça pública, nos quais se articulam saberes acadêmicos e populares, sobre temas que componham a agenda de demandas e interesses de moradoras e moradores do bairro;

O Coletivo de Pesquisadores em Movimento, que toma corpo numa rede de pesquisadoras e pesquisadores que realizam seus trabalhos no ou sobre o Complexo do Alemão;

O Curso de Extensão Raízes Locais, voltado para alunos(as) de ensino médio com foco no resgate da memória local e reforço dos laços de pertencimento através da produção de uma cartografia social e afetiva. Tal cartografia é produzida por alunas(os) das escolas públicas do bairro;

A montagem de um Acervo que documente a memória local, possibilitando assim que outras histórias do bairro, e da cidade, possam ser contadas, a partir do ponto de vista de suas moradoras e moradores;

A criação do Portal CEPEDOCA, interativo, aberto ao público e alimentado pelas ações desse projeto e finalmente:

Nesse contexto, a Bibliografia Comentada sobre o Complexo do Alemão, que ora apresentamos, tem como objetivo criar uma base sólida de consulta para pesquisadoras/es e público em geral sobre a produção com foco no Complexo do Alemão; mas, também, e sobretudo, oferecer a organizações sociais locais e pessoas que trabalham no bairro (especialmente professoras e professores da educação básica) um atalho para um dado conhecimento sobre o bairro, cujo acesso, acreditamos, poderá potencializar suas lutas e atuações diversas.

Trata-se de um retrato de momento, mas que não se pretende estático. Sua disponibilização em meio virtual, no Portal do CEPEDOCA, garantirá que novas contribuições possam, futuramente, alimentar este rico acervo bibliográfico.

Essa publicação não seria possível sem o apoio do Deputado Jean Wyllys, sem o envolvimento de professoras/es e alunas/os da UFRJ, sem a participação do Instituto Raízes em Movimento, as leituras de pesquisadoras e pesquisadores do Coletivo de Pesquisadores em Movimento e sem a colaboração dos moradoras/ es locais, destinatários finais desta iniciativa.

A todas e todos, nosso muito obrigado e boa leitura!