Definição e tipos de verbetes

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma página de orientação ao usuário, produzida pela equipe do Dicionário de Favelas Marielle Franco. Em construção.

O que é um verbete?

Todos os conteúdos incluídos na plataforma do Dicionário são chamados verbetes, qualquer se sejam eles.  "Verbete" vem de verbo, o que se quer falar, enunciar, depor, demonstrar, denunciar, mostrar, afirmar, explicitar etc. O ato de se expressar tem a intenção de comunicar, de compartilhar com outros seu ponto de vista, suas ideias e suas histórias.

O Dicionário de Favelas Marielle Franco está organizado em "verbetes", que constituem manifestações autorais sobre favelas e periferias. Temos diferentes tipos de verbetes: textos, poemas, imagens, vídeos, filmes etc., desenvolvidos a partir de um usuário cadastrado, capaz de criar páginas em nossa plataforma, ou seja, inserir nela o conteúdo que deseja. [Veja Como se cadastrar aqui].

Todos os verbetes devem ter autor(a) ou autores(as), como manifestações de uma pessoa, de um grupo ou de uma instituição. Para que sejam colocados no índice e encontrados facilmente, os verbetes precisam ter um título que, em poucas palavras, indique o seu conteúdo. Como o índice é em ordem alfabética, os verbetes devem começar com uma palavra que expresse bem o tema, evitando o uso de artigos. Por exemplo, se colocamos "A chacina", o verbete ficará listado na letra A e se colocarmos "Chacina" ficará na letra C. Além disso, os verbetes do WikiFavelas, diferentemente dos verbetes de definição de conceitos, se caracterizam como textos enciclopédicos, de natureza expositiva e linguagem clara, simples e objetiva que manifestem diferentes narrativas. Podem conter gráficos, ilustrações, subdivisões e interlinks para complementar as informações e aprofundar o tema [Veja Como editar um verbete aqui]. Sempre que possível é desejável ter pelo menos três subtítulos, porque a plataforma gera imediatamente um índice para o texto, o que o torna mais atraente para o leitor.

Os verbetes podem ser originais ou não, sendo devidamente autorizados pelo(a) autor(a) e citados a fonte, e devem tratar de temas que fazem parte do escopo do Dicionário de Favelas Marielle Franco, definidos pelas dimensões acima enunciadas, com suas respectivas categorias temáticas [Veja sobre Dimensões e categorias temáticas aqui].

Os diferentes tipos de verbetes

Para atender às diferentes formas de narrativas, os verbetes possuem distintos critérios. Os verbetes textuais devem conter entre 400 a 4.000 palavras, sendo importante que a autoria do verbete venha sempre na abertura do texto, junto ao crédito, se foi retirado de outra fonte, para que seja possível identificarmos a referência logo no início da leitura. A linguagem deve ser simples e objetiva direcionada a todos os públicos, não sendo necessária uma discussão teórica ou metodológica. Caso o texto tenha alguma bibliografia, recomendamos que esta fique ao final do verbete. Além disso, os verbetes textuais também podem conter fotos e/ou tabelas para ilustrar a narrativa [Veja como em Inserir imagens nos verbetes], sendo muito importante que todos tenham pelo menos três palavras-chave que descrevam seu conteúdo.

Outros verbetes podem ter como conteúdo filmes, documentários, músicas, livros, depoimentos ou poemas seguem outro modelo. Os verbetes de filmes, por exemplo, são verbetes que reconhecem, enquanto autoria no topo da página, o(a) diretor(a) do filme, identificando sua sinopse, sua ficha técnica e um link para o seu trailer ou a referência original [Veja como inserir links do YouTube]. Os verbetes de livros seguem a mesma lógica, com o(a) autor(a) do livro no topo, um resumo e, possivelmente, uma imagem da capa. Os verbetes também podem tratar de projetos, coletivos ou materiais já publicados em outros veículos, sendo importante seguir as recomendações de autoria ou citação da página externa a qual o conteúdo foi retirado [Saiba quais veículos possuem Creative Commons, ou seja, que autorizam sua utilização em outro veículo de divulgação], além da sugestão de inserção de fotos ou sites que façam referência à atividade. As palavras-chave são necessárias em todos os tipos de verbetes, pois é através delas que as pessoas poderão encontrar o conteúdo que buscam.

Por ser uma plataforma colaborativa, cada um desses verbetes está aberto ao acesso público e à apresentação de visões divergentes e controvérsias, que devem fazer referência ao texto original com o qual se propõem a debater, além de respeitar as diretrizes éticas indicadas [Veja as Normas de Colaboração e as Regras Editoriais aqui]. Em cada uma das páginas, há uma área específica para discussão coletiva do conteúdo do verbete [Discussão], além de ser possível acompanhar o histórico de sua edição pelo(a) autor(a), que terá sua autoria preservada. As diretrizes éticas, as regras editoriais e as normas de colaboração se encontram na página inicial do Dicionário de Favelas Marielle Franco, sendo as opiniões e informações contidas nos textos de total responsabilidade do(a)s autor(a)s.