Mudanças entre as edições de "Direito à educação em favelas e periferias (live)"

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para navegação Ir para pesquisar
 
Linha 13: Linha 13:
 
Primeiro episódio da série de lives "Favelas em Movimento": "O direito à educação em favelas e periferias: efeitos da pandemia e perspectivas de futuro".
 
Primeiro episódio da série de lives "Favelas em Movimento": "O direito à educação em favelas e periferias: efeitos da pandemia e perspectivas de futuro".
  
Neste primeiro encontro, os convidados debateram os impactos da pandemia na educação, seja do ponto de vista dos professores, alunos e demais envolvidos. A conversa teve o objetivo de compreender quais são os desafios colocados à comunidade escolar a partir do quadro de crise sanitária instaurado no país, além de abordar os principais problemas enfrentados na passagem do ensino presencial ao ensino remoto e pensar novas formas de ensino e aprendizagem. O encontro também contou com relatos de Evani, mãe de aluno da educação básica, que contou um pouco sobre os processos de adaptação pelo qual a família passou para reorganizar os estudos em casa.
+
Neste primeiro encontro, os convidados debateram os impactos da pandemia na educação, seja do ponto de vista dos professores, alunos e demais envolvidos. A conversa teve o objetivo de compreender quais são os desafios colocados à comunidade escolar a partir do quadro de crise sanitária instaurado no país, além de abordar os principais problemas enfrentados na passagem do ensino presencial ao ensino remoto. Os professores convidados relataram o problema vivenciado pelas comunidades em acessar às rede de internet e dispositivos móveis, além de criticar a falta de iniciativas que universalizem o acesso à internet. Também contaram sobre o aprofundamento da evasão escolar em meio à pandemia e as estratégias buscadas para lidar com este problema.  O encontro também contou com relatos de Evani, mãe de aluno da educação básica, que contou um pouco sobre os processos de adaptação pelo qual a família passou para reorganizar os estudos em casa. A convidada constatou a dificuldade que os estudantes estão tendo em se manter focados nos estudos em meio às aulas virtuais e também a delicada situação que as mães passam na tentativa de integrarem-se no processo de aprendizado de seus filhos. Apesar do empenho dos professores, Evani destacou sua preocupação com os alunos que não estão tendo acesso de qualidade ao ensino remoto.
 
 
  
  

Edição atual tal como às 14h31min de 14 de setembro de 2021

Autoria: Dicionário de Favelas Marielle Franco.


Sobre

"Favelas em Movimento" é a nova série de lives do Dicionário de Favelas Marielle Franco .Toda última terça-feira do mês, às 18h, no canal da VídeoSaúde (Distribuidora da Fiocruz), moradores(as) e representantes de favelas e periferias se encontram para um bate-papo sobre questões sociais, políticas, culturais e econômicas fundamentais para pensarmos a vida destas pessoas em um cenário pandêmico, mas também o futuro.


O direito à educação em favelas e periferias

Primeiro episódio da série de lives "Favelas em Movimento": "O direito à educação em favelas e periferias: efeitos da pandemia e perspectivas de futuro".

Neste primeiro encontro, os convidados debateram os impactos da pandemia na educação, seja do ponto de vista dos professores, alunos e demais envolvidos. A conversa teve o objetivo de compreender quais são os desafios colocados à comunidade escolar a partir do quadro de crise sanitária instaurado no país, além de abordar os principais problemas enfrentados na passagem do ensino presencial ao ensino remoto. Os professores convidados relataram o problema vivenciado pelas comunidades em acessar às rede de internet e dispositivos móveis, além de criticar a falta de iniciativas que universalizem o acesso à internet. Também contaram sobre o aprofundamento da evasão escolar em meio à pandemia e as estratégias buscadas para lidar com este problema.  O encontro também contou com relatos de Evani, mãe de aluno da educação básica, que contou um pouco sobre os processos de adaptação pelo qual a família passou para reorganizar os estudos em casa. A convidada constatou a dificuldade que os estudantes estão tendo em se manter focados nos estudos em meio às aulas virtuais e também a delicada situação que as mães passam na tentativa de integrarem-se no processo de aprendizado de seus filhos. Apesar do empenho dos professores, Evani destacou sua preocupação com os alunos que não estão tendo acesso de qualidade ao ensino remoto.


Convidados: Evani Lindalva Dutra Porte Mãe e moradora do Complexo de Acari, Rio de Janeiro Carlos Eduardo Baldez Professor de história da Seeduc-RJ em São João de Meriti e no município de Piraí Andreia Cesar dos Santos Professora de sociologia da Seeduc-RJ em Nilopólis e cientista social Mediadores: Alexandre Magalhães - Professor do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFRGS e pesquisador do Dicionário de Favelas Marielle Franco Clara Policarpo - Professora de Sociologia da Seeduc-RJ no município do RJ e pesquisadora do Dicionário de Favelas Marielle Franco.