Direito à educação em favelas e periferias (live)

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Revisão de 13h53min de 14 de setembro de 2021 por Vitor Martins (discussão | contribs)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Autoria: Dicionário de Favelas Marielle Franco.


Sobre

"Favelas em Movimento" é a nova série de lives do Dicionário de Favelas Marielle Franco .Toda última terça-feira do mês, às 18h, no canal da VídeoSaúde (Distribuidora da Fiocruz), moradores(as) e representantes de favelas e periferias se encontram para um bate-papo sobre questões sociais, políticas, culturais e econômicas fundamentais para pensarmos a vida destas pessoas em um cenário pandêmico, mas também o futuro.


O direito à educação em favelas e periferias

Primeiro episódio da série de lives "Favelas em Movimento": "O direito à educação em favelas e periferias: efeitos da pandemia e perspectivas de futuro".

Neste primeiro encontro, os convidados debateram os impactos da pandemia na educação, seja do ponto de vista dos professores, alunos e demais envolvidos. A conversa teve o objetivo de compreender quais são os desafios colocados à comunidade escolar a partir do quadro de crise sanitária instaurado no país, além de abordar os principais problemas enfrentados na passagem do ensino presencial ao ensino remoto e pensar novas formas de ensino e aprendizagem. O encontro também contou com relatos de Evani, mãe de aluno da educação básica, que contou um pouco sobre os processos de adaptação pelo qual a família passou para reorganizar os estudos em casa.


Convidados: Evani Lindalva Dutra Porte Mãe e moradora do Complexo de Acari, Rio de Janeiro Carlos Eduardo Baldez Professor de história da Seeduc-RJ em São João de Meriti e no município de Piraí Andreia Cesar dos Santos Professora de sociologia da Seeduc-RJ em Nilopólis e cientista social Mediadores: Alexandre Magalhães - Professor do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFRGS e pesquisador do Dicionário de Favelas Marielle Franco Clara Policarpo - Professora de Sociologia da Seeduc-RJ no município do RJ e pesquisadora do Dicionário de Favelas Marielle Franco.