Mudanças entre as edições de "Histórias, Memórias, Oralidades e Cartografia da Luta Social por terra e Moradia na Região de Jacarepaguá"

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para navegação Ir para pesquisar
 
Linha 5: Linha 5:
  
 
O presente verbete ocupa-se de relatar o projeto "Histórias, Memórias, Oralidades e Cartografia da Luta Social por terra e Moradia na Região de Jacarepaguá". Os limites de Jacarepaguá eram do Grumari, Vila Valqueire até o Joá. A baixada de Jacarepaguá. Com o tempo foi sendo dividido e atualmente é a parte mais pobre, da Baixada de Jacarepaguá. 
 
O presente verbete ocupa-se de relatar o projeto "Histórias, Memórias, Oralidades e Cartografia da Luta Social por terra e Moradia na Região de Jacarepaguá". Os limites de Jacarepaguá eram do Grumari, Vila Valqueire até o Joá. A baixada de Jacarepaguá. Com o tempo foi sendo dividido e atualmente é a parte mais pobre, da Baixada de Jacarepaguá. 
 +
  
 
== História de Jacarepaguá ==
 
== História de Jacarepaguá ==
Linha 13: Linha 14:
  
 
 
 
 
 
  
 
== Os depoimentos ==
 
== Os depoimentos ==

Edição atual tal como às 15h58min de 16 de junho de 2021

Autora: Cleonice Dias  

Mapa Jpa.jpg

Introdução

O presente verbete ocupa-se de relatar o projeto "Histórias, Memórias, Oralidades e Cartografia da Luta Social por terra e Moradia na Região de Jacarepaguá". Os limites de Jacarepaguá eram do Grumari, Vila Valqueire até o Joá. A baixada de Jacarepaguá. Com o tempo foi sendo dividido e atualmente é a parte mais pobre, da Baixada de Jacarepaguá. 


História de Jacarepaguá

A região de Jacarepaguá, foi desde o inicio da colônia ocupado por engenhos de cana-de-açúcar. A partir da década de 1830 transformou seus antigos engenhos de açúcar em fazendas de lavoura de café. O ciclo da madeira , do carvão e dos laranjais. Na segunda metade do século XIX, os núcleos de ocupação territorial, que se desenvolveram principalmente da confluência dos caminhos e em volta das fazendas, e começaram a dar  feições urbanas com grandes residências, estradas e um movimentado comércio. Nesta área encontra-se o Maciço da Pedra Branca,  tem um dos maiores Parques Urbanos do mundo, o Parque Estadual da Pedra Branca, que possui cerca de 12.500 hectares de área coberta por vegetação típica da Floresta Atlântica e contribui para o abastecimento de água da região circunvizinha, destacando-se as represas do Pau da Fome e do Camorim, das Taxas e do Engenho Novo. Nesta área situam-se oito bacias principais e 53 microbacias, Observam-se, ainda, em Jacarepaguá, registros de sucessivos ciclos históricos, com suas peculiaridades quanto ao uso dos recursos naturais e às formas de ocupação do território, materializados em um rico conjunto arquitetônico, patrimônio cultural tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC). O “anel de ocupação” da cidade se fecha na década seguinte: as famílias mais abastadas seguiam a ocupação pela Zona Sul até chegar a Barra e a classe operária, em direção ao subúrbio, segue sendo “empurrada” para o subúrbio e Zona Norte, chegando a Jacarepaguá. Talvez, seja daí é que se originam os conflitos pela posse da terra (grilagem), causando, inclusive, mortes. O processo de ocupação iniciado em 1960 foi rápido e desordenado dando origem aos problemas que temos hoje, que vão desde o desmatamento para a construção de condomínios de classe média, do assoreamento dos rios (até hoje a região não tem estações de tratamento de esgoto, sendo este lançado in natura nos rios, transformando-os em valões e decretando sua morte), mobilidade urbana precária, de saúde que não acompanhou o crescimento populacional, bem como a falta de vagas nas escolas - especialmente do EM – e de unidades habitacionais para as gerações posteriores das classes trabalhadoras.

 

 

Os depoimentos

Os depoimentos de lideranças e protagonistas que estão na resistência das tenções dos interesses dos grandes investidores, dos donos das empresas de ônibus e do desenvolvimento especulativo e predatório, e a pobreza crescente, que chegou ao ápice nos tempos dos megaeventos. O Lugar dos pobres agora é o lugar dos ricos. E os ricos contam com a ação da polícia e de grupos armados para garantir seus negócios. Como também a grilagem e a milicia invadem e negociam terras públicas ou áreas de preservação ambiental, para especular e explorar os moradores. Nestes depoimentos você verá uma linha tempo que registra toda a luta dos Movimentos Sociais, em Jacarepaguá-com narrativas desde a década de 60 até 2016, pela terra e moradia. Esses depoimentos, cedidos pelos depoentes para o Dicionário De Favelas Marielle Franco, foram parte de um projeto financiado pela Cooperação Social para o Desenvolvimento Territorializado.02/2011.Em parceria com os Movimentos Sociais e o Programa de Desenvolvimento do Campus Fiocruz da Mata Atlântica. Futuramente você terá acesso ao Documentário e a Cartografia da resistência e das remoções.  

Para acessar os depoimentos e as transcrições, clique nos links abaixo: 

  1. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Dona Jane: acesse clicando aqui
  2. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - João Marco: acesse clicando aqui
  3. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - José Jorge: acesse clicando aqui
  4. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Renato Dória: acesse clicando aqui
  5. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Guaraci Jorge dos Santos: acesse clicando aqui
  6. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Sandra Maria Rosa: acesse clicando aqui
  7. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Maria Zélia Carneiro Dasy: acesse clicando aqui
  8. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Luiz Alberto de Jesus: acesse clicando aqui
  9. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Noemia Caetano: acesse clicando aqui
  10. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Almir Paulo: acesse clicando aqui
  11. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Alexandre Grabas: acesse clicando aqui
  12. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Valmira: acesse clicando aqui
  13. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Altair Antunes de Moraes: acesse clicando aqui
  14. Histórias, Memórias e Oralidades em Jacarepaguá - Seu Olívio: acesse clicando aqui