Mãos de Maria

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Revisão de 19h36min de 20 de abril de 2020 por Gabriel (discussão | contribs) (Criou página com 'Autoria: Mãos de Maria. thumb|center|600px = O negócio = Mãos de Maria é um negócio social, fundado no dia 11 de setembro de 2017, que junto...')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Autoria: Mãos de Maria.

Mãos de Maria.jpg

O negócio

Mãos de Maria é um negócio social, fundado no dia 11 de setembro de 2017, que junto com a Associação das Mulheres de Paraisópolis, promove o empoderamento feminino e a geração de renda para mulheres em situação de vulnerabilidade social, fazendo parte do Programa Paraisópolis Sustentável.

Tem como principais apoiadores a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, Instituto Escola do Povo e o Instituto Stop Hunger.

O negócio foi inspirado com base no primeiro curso de capacitação profissional da Associação das Mulheres. Criado em 2007, o curso de culinária “Mãos de Maria” já capacitou mais de 3 mil mulheres da comunidade, apoiando e fortalecendo iniciativas empreendedoras, gerando trabalho e renda, atuando em três operações, sendo elas o Buffet, o Bistrô & Café e a Marmita.

No dia 13 de Março de 2018, Elizandra Cerqueira foi para Paris e recebeu o prêmio Women Stop Hunger Awards, representando o Brasil com Mãos de Maria e Horta na Laje, foi a primeira Brasileira e a mais jovem a ser selecionada e premiada pela Fundação Francesa Stop Hunger.

Nossas Marias estão no coração da comunidade, em uma laje gourmet, entre temperos e hortaliças, empoderando mulheres através da independência financeira, na quinta maior favela do Brasil, com mais de 100 mil habitantes.

“Acreditamos que toda menina, mulher tem o direito de serem livres e escolherem tudo aquilo que elas desejam ser.” - Mãos de Maria

Vídeo do bistrô

Couldn't parse video from [https://www.youtube.com/watch?v=3IB9_6_6aDg https://www.youtube.com/watch?v=3IB9_6_6aDg]

A iniciativa faz parte do G10 das Favelas, leia mais clicando aqui!