Mulheres de Frente

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa

Autoria: Beatriz Carvalho. Jornalista e fundadora do Mulheres De Frente.

Logotipo do Projeto Mulheres de Frente

O Projeto

O projeto surgiu da necessidade de mulheres e meninas periféricas terem acesso à cultura digital. 

 A forma que a internet chega nas periferias cariocas quase sempre é precária. Para que possamos mudar tal realidade produzimos cursos, consultorias, palestras e oficinas que envolvam à tecnologia digital.

 Além disso o Mulheres De Frente é um empreendimento social. Porque promovemos à geração de renda através de auxílios financeiros para nossas facilitadoras das oficinas e workshops. 
Para tanto contamos com parcerias.

 Nossa relação com as favelas cariocas é voltada por meio dessas parcerias. A primeira ação efetiva do projeto, foi uma roda de conversa sobre economia solidária com o projeto Enegras. Para mulheres empreendedoras. Realizamos o evento maio de 2017, em Bangu.

Embora tenhamos origem na Baixada Fluminense, promovemos ações pontuais na Cidade De Deus com apoio da Casa Dona Amélia. Espaço de assistência social voltado para moradores da favela na Zona Oeste. No projeto começamos atuar em conjunto em 2018. Com debates sobre economia solidária e cuidados do corpo feminino e aula de yoga e defesa pessoal no Calouste.

A Asplande, rede de apoio a projetos de empreendedorismo social feminina. Levamos oficinas e palestras sobre empreendedorismo digital para as mulheres que fazem parte da rede. Em setembro de 2019, promovemos uma oficina prática de mídias sociais para iniciantes. O apoio do Papo de Empreendedora teve bastante importância no evento. A Asplande possibilita ao Mulheres De Frete uma atuação no nosso território, Baixada Fluminense. 

 A convite do coletivo InterVozes e Redes Da Maré, participamos do debate sobre  conexão à internet nas favelas  e periferias. Trabalhamos coletivamente na produção de um vídeo sobre o olhar  das crianças moradoras da favela.

Em junho de 2019, marcamos presença no Arraiá Feira Crespa. Com uma roda de conversa sobre texto criativo e marketing digital para as empreendedoras do evento.

Mulheres De Frente é um empreendimento social. Temos uma cliente a Cepia, organização da sociedade civil. Atuante na defesa e promoção dos direitos das mulheres. Para a Cepia fazemos produção de conteúdo em mídias digitais para o aplicativo Partiu Papo Reto desenvolvido pela ONG. O Partiu Papo Reto é um aplicativo voltado para juventude. Debate temas como empoderamento e saúde sexual. Pensando em atrativos para o público jovem e aliar a favela nesse sentido, produzimos vídeos com lideranças da Rocinha e Vidigal. Pois são algumas oportunidades para movimentação das redes.

Produzimos o mini curso Mulheres E Cidades a convite da Roda De Mulheres Da Baixada, patrocínio Casa Fluminense. Na qual possibilitou as participantes ampliar a multiplicação dos temas como mobilidade e saneamento.

Nossos debates vão além de diálogos sobre a internet. Transporte público, passe livre, mercado de trabalho para mulheres e juventude periférica são algumas rodas de conversa junto a Roda De Mulheres Da Baixada.

Uma das nossas últimas ações fora a gravação do curta documentário Cinema do Futuro: nossa verdade seja dita. Narra a trajetória dos participantes no audiovisual da oficina Cinema de Periferia, em Belford Roxo. No filme falamos sobre a importância das mulheres nessas produções. Realização: Baixada Cine, Cine Brejo. Apoio: Casa Fluminense. Parceria: Centro Cultural Donana.

O Mulheres De Frente é mapeado pela Favela Sustentável. Programa de promoção ao acompanhamento de projetos realizados nas periferias do Rio de Janeiro. O que nos proporciona mais visibilidade e parcerias. 

Recentemente, estamos na incubadora Impacta Mulher  (Asplande) em parceria Social Starters e apoio British Council. Até janeiro teremos trocas e parcerias para nos impulsionar.

Imagens

                                                                     Apresentação do prêmio Tia Angélica, no Museu Ciência e Vida em Duque De Caxias

                                                                     Roda de conversa em Queimados. Tema: Juventude Feminina In Foco

                                                                     Cartaz do filme Cinema do Futuro. Produção do Mulheres De Frente em participação na oficina cinema de Periferia no Baixada Cine

                                                                     Oficina de mídias sociais para iniciantes pela Asplande

Links de publicações sobre o Mulheres De Frente

http://bit.ly/2oPaGrJ

https://odia.ig.com.br/duque-de-caxias/2019/09/5680318-jornalistas-promovem-oficina-gratuita-para-empreendedoras.html

https://istoe.com.br/jornalistas-promovem-oficina-gratuita-para-empreendedoras/

https://sitedabaixada.com.br/post/187664944609/jornalistas-promovem-oficina-pr%C3%A1tica-para

https://rioonwatch.org.br/?s=Enegras

https://rioonwatch.org.br/?s=Camtra

https://www.facebook.com/FavelaSustentavel/

Redes sociais

Facebook: https://www.facebook.com/mulheresdefrente/

Instagram: @mulheresdefrente

E-mail: mulheresdefrente61@gmail.com