PerifaCon

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para navegação Ir para pesquisar

Autoria: PerifaCon.

 Perifacon-810x434.png

O Projeto

                                                                                          

Perifa3.png

O PerifaCon é uma iniciativa de amantes de quadrinhos, livros, desenhos e cultura pop no geral, que cresceram nas periferias de São Paulo. O evento tem como objetivo levar para a periferia esse universo que históricamente é negligenciado nessa temática, além de criar pontes entre os artistas independentes de periferia que muitas vezes não possuem oportunidades de expor seus trabalhos e são invisibilizados pelas mídias e empresas de entretenimento com artistas consolidados no mercado e marcas famosas do segmento.

O projeto surge a partir da vontade coletiva do grupo de poder frequentar as grandes convenções nerds que compõem o calendário geek da cidade e que nunca conseguiram ter acesso pelo alto custo dos ingressos e pela mobilidade urbana.

A primeira edição do PerifaCon aconteceu na Fábrica de Cultura do Capão Redondo, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Organização Social Poiesis no dia 24 de março de 2019 e atingiu um público de mais de 4 mil pessoas, superando todas as expectativas.

Com mais de 7 horas de programação acontecendo simultaneamente nos 7 andares da Fábrica, o evento se mostrou ser uma demanda para as quebradas em função do alto número de pessoas interessadas em ver de perto a primeira Comic Con da favela.

Em números, a 1ª edição teve mais 200 pedidos de artistas para participar do Beco dos Artistas, mais de 150 mídias de imprensa credenciadas, mais de 150 inscrições de voluntários e quase 3 mil pessoas previamente credenciadas como visitantes.

Na primeira edição do projeto, foram realizadas 8 oficinas sobre diversos temas como: Universo Harry Potter, Oficina de Tecnologia, Oficina de HQ; Oficina pergunte a um cientista;

5 mesas de debate sobre os temas: Representatividade Negra nos quadrinhos, Produção de Podcast, Arte e Resistência, Mulheres no Mundo Nerd, Produção Independente e Editoral, contando com presenças de grandes nomes como Marcelo D’Salete, Load, Cris Bartis, Sidney Gusman, Natalia Bridi, Adriana Melo, Clarice França, DJ KL Jay entre outros; Uma feira com 44 expositores compostos por artistas independentes; Sala de gameboard; Sala de jogos com studios brasileiros; Sala de RPG; Exposição dos artistas Load e Loud com as obras Rap em Quadrinhos; Feira com 14 editoras e lojas do segmento nerd, geek e pop; Sessão de Autógrafos com artistas consolidados e independentes; Transmissão de material audiovisual como: episódio da série “Impuros” dos Canais FOX, curta metragem “Passos no Escuro”, painel sobre DC e Marvel e videoclipe “Não é Desenho” com o rapper Rashid; Sala de Games Independentes e Atrações Musicais no palco e Concurso de Cosplay com mais de 20 participantes.                                          

Missão

Democratizar o acesso à cultura nerd, geek e pop nas periferias, sem cobrança de entrada e de infraestrutura para expositores independentes. Promover integração entre a periferia, os artistas e marcas consolidadas no segmento geek, nerd e pop.

Visão

Se tornar um evento referência no segmento 100% gratuito no Brasil e no mundo. Itinerar com o evento para diversas favelas do Brasil e do mundo.

Valores 

Inclusão, Comprometimento, Democratização, Inovação e Integração.

Objetivo

Fomentar a cultura pop, nerd e geek nas periferias de São Paulo e contribuir para aquebra de barreiras culturais de acesso dos produtores e marcas à periferia e o acesso da periferia à esse universo.

Objetivos específicos

•Promover redes de relacionamento entre os participantes com objetivo de expandir produções e vivências culturais na periferia;

•Promover o acesso à um evento de cultura pop e geek, cuja população periférica não tem acesso em função do altopreço dos ingressos de eventos similares;

•Melhorar a imagem do sujeito periférico perante as marcas como um consumidor em potencial;

•Criar uma rede de contatos que possa gerar eventos e produções futuras;

•Difundir novas publicações e marcas independentes;

•Promover atroca de experiências entre produtores, marcas e consumidores;

•Estimular o debate sobreinclusão no universo nerd.

 

Justificativa

Perifa2.png

De acordo com os dados coletados de aproximadamente 2.700 visitantes credenciados previamente ao evento, sendo 80% residentes em periferias de São Paulo, e demais cidades da grande São Paulo, mais da metade nunca tinha ido a alguma conferência nerd e geek antes. Provando que existe uma demanda de acesso a esse tipo de segmento para a população periférica.

Em diversas pesquisas de campo; em buscas na internet e redes sociais, podemos verificar que a PerifaCon é a primeira Comic Con (conferência nerd/geek/pop com programação completa sobre o segmento) que acontece em regiões periféricas do Brasil. Demonstrando que o evento além de necessário é inovador.

 

Público alvo

Segundo nossos dados recolhidos dos formulários de inscrição, o público principal do evento é de adultos de 18 a 29 anos, totalizando mais de 50% e o restante está distribuído em menores de idade e adultos acima de 30 anos.

Na data do evento, podemos registrar também um grande percentual de famílias com crianças menores de 14 anos de idade, totalizando 15% do público geral.

A primeira Comic Con da favela

 

Equipe

Nossa equipe do PerifaCon é 100% composta por jovens negros de diversas periferias da cidade. Entendemos que é importante dar visibilidade não só para a programação, mas sim para quem está por trás do evento. A diversidade não pode estar só no discurso, mas também na produção e no protagonismo de quem toma as decisões para o evento acontecer.

Andreza.png

Idade: 23 anos

Formação: Cursando Direito

Atua com produção cultural de festas LGBT, organizou duas viradas culturais com programação de mais de 20 horas na USP. Também escreve para a revista adolescente Capitolina que tem dois livros publicado pelo selo jovem companhia das letras.

Gaby.png

Idade: 23 anos

Formação: Ciências Sociais

Estuda Ciências Sociais e é formada em jornalismo pela Énois. Às vezes é colaboradora no The Intercept. Vive a vida de investigar, fazer pesquisas e escrever. Ajudou a promover mesas de debates, palestras, grupos de estudos e shows na USP. Gosta de documentários e quer muito entender de audiovisual um dia.

Igor.png

Idade: 24 anos

Formação: Designer e Produtor

Passou sua infância na favela do Heliópolis e a adolescência no extremo norte de São Paulo, no bairro do Jaçana. É designer, produtor e atua colaborando em diversas ações sociais como para o time de futebol de várzea Corote & Molotov formado por pessoas que moram e ocupam as ruas, assim como faz parte da equipe de criadores da PerifaCon, a primeira conferência nerd/geek das favelas do Brasil.

LUÍZE TAVARES

Idade: 23 anos

Formação: Relações Públicas

Trabalha com comunicação, eventos e assessoria de imprensa há 4 anos. Já atuou no terceiro setor impulsionada pelo programa VAI e hoje atua na esfera privada. Desde 1996 seu país é a zona sul.

Pedro.png

Idade: 24 anos

Formação: Design Gráfico

Já trabalhou na área e hoje em dia, trabalha com ilustração e em paralelo, mantém seu projetos de HQ. No final de 2017, lançou sua primeira HQ e ao longo de 2018, teve diversas experiências em feiras de quadrinhos e arte em geral.

PerifaCon, A Segunda Edição

Após o sucesso da primeira edição de 2019, temos o compromisso de continuar levando e fomentando experiências do universo da cultura nerd, geek e pop para a parcela da população que vive nos extremos da cidade e que muitas vezes encontra dificuldades no acesso a esses conteúdos. Baseado nesses princípios, estamos construindo a segunda edição do evento que será em abril de 2020, no Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes, bairro que possui uma população de 211.501 mil habitantes (censo 2010) num único distrito. A alta concentração populacional - 14.100 hab./Km2 – é acrescida de uma das maiores taxas de crescimento da cidade e de graves problemas sociais. Esta população contabiliza um total de 52.875 famílias residentes no território. Deste total, 8.064 famílias encontram-se em situação de alta ou altíssima vulnerabilidade.

Ativações de marcas

Queremos construir a segunda edição do evento PerifaCon ainda maior do que a primeira. Nosso desejo é reunir as melhores ideias e ideais em um só lugar. De criadores de conteúdo periféricos a artistas renomados, não nos contentamos em fazer o próximo em um dia só, vamos fazer em dois dias.

Nos dias 11 e 12 de abril de 2020, o Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes vai receber a primeira Comic Con das favelas: o PerifaCon 2020.

Teremos novamente o Beco dos Artistas, espaço kids, biblioteca que vai se transformar em um super espaço de RPG, cinema, espaços para oficinas, workshops, lojas, editoras, jogos eletrônicos, gameboards, painéis, debates, apresentações de bandas e concurso de cosplays.

Mas não para por aí: uma das grandes novidades é a possibilidade de espaços de ativação de marca, que pode ser uma ótima oportunidade de inserção e visibilidade da sua marca na edição do PerifaCon de 2020.

Em suma, queremos fazer contrapartidas físicas, digitais, impressas. Além disso, toda ideia do nosso evento é estimular um espaço onde o público e a comunidade recebam benefícios, portanto teremos também contrapartidas sociais, ambientais e de acessibilidade. Quer fortalecer o bonde? Então chega mais!

Contato

equipeperifacon@gmail.com

perifacon.com