Piracema (coletivo)

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa

Autoria: Coletivo Piracema.

12509157 1124144060964163 5322325062591247788 n.jpg

O Coletivo

O Coletivo Piracema recebe esse nome inspirado em um fenômeno natural que ocorre no período de reprodução em que os peixes precisam nadar contra a corrente para que o ciclo de vida continue. Acreditamos na potência dos encontros como forma de criar um movimento coletivo, tal qual o fenômeno que o denomina, que possibilite o nascimento de ideias e ações que possam criar uma fissura no discurso hegemônico vigente que invisibiliza o sujeito periférico.
O Coletivo Piracema adota uma atitude autônoma, inclusiva e não conformista. Condenamos a negligência das autoridades públicas diante dos desafios enfrentados pela população de Santa Cruz. Defendemos a inclusão do bairro na agenda de políticas públicas da cidade de maneira concreta. Logo, a ocupação do espaço público de maneira democrática, a valorização do patrimônio histórico e cultural, seja ele material ou imaterial, difusão da cultura, produção poética e arte, integração da comunidade local, promoção de ações de cunho social, combate a discriminação de gênero, sexualidade, raça e classe. Defender esses movimentos é também defender a população de Santa Cruz.
Estamos em consonância com os dilemas e desafios da contemporaneidade, em sintonia com movimentos sociais, tais como o movimento negro, o movimento LGBT, o movimento feminista, movimento dos trabalhadores rurais e urbanos, as questões indígenas e outras minorias historicamente oprimidas e marginalizadas.
Santa Cruz é um bairro periférico e periferizado, com baixo índice de desenvolvimento humano, mas com uma população que cresce a cada dia e que não usufrui das benesses da cidade. No entanto, também somos a cidade.
Tais como os movimentos que nos inspira, o Coletivo Piracema não se calará.