Que horas ela volta (filme)

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para navegação Ir para pesquisar

Retirado de: Wikipédia.

Autor: Anna Muylaert.

Ficha Técnica

Ano de lançamento: 2015

Direção: Anna Muylaert

Gênero: Drama

Duração: 114min

 

Sobre o Filme

Que horas ela voltaé um filme de drama brasileiro lançado em 2015, escrito e dirigifo por Anna Muylaert. O filme é protagonizado por Regina Casé e trata dos conflitos que acontecem entre Val, uma empregada doméstica do Brasil e seus patrões de classe média alta, criticando as desigualdades da sociedade brasileira. A estreia mundial do filme aconteceu nos Estados Unidos, no início de 2015, no Sundance Film Festival, em Utah. Logo depois, estreou em sete países europeus e no Brasil.Em setembro de 2015, o filme foi escolhido pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil na Disputa pelo Oscar de Melhor filme estrangeiro, da edição de 2016. Porém, o filme não foi escohido pela premiação entre os finalistas.

 

Sinopse

Val (Regina Casé), uma mulher de Pernambuco, vai para São Paulo, deixando para trás sua filha, Jéssica (Camila Márdila), com o avô. Em São Paulo, Val encontra um emprego como babá e depois de empregada doméstica na casa de Bárbara (Karine Teles) e José Carlos (Lourenço Mutarelli), uma família de classe alta onde ela cuida do filho dos patrões, Fabinho (Michel Joelsas).

Treze anos depois, Val é economicamente estável, mas sente culpa por ter deixado para trás Jéssica. De repente, sua filha decide ir a São Paulo para fazer um vestibular, na mesma época que o filho do casal, e pede apoio a mãe, esta acreditando em uma segunda chance para um melhor relacionamento entre as duas. Mesmo assim, a convivência é complicada, ainda mais pela personalidade da garota e forma como ela se comporta na casa e perante os patrões de sua mãe, se sentindo mais a vontade e não aceitando a separação de classes e posições impostas no lugar.

 

Bilheteria

Até o dia 25 de outubro de 2015, o filme levou 454 mil espectadores aos cinemas brasileiros. Antes de estrear no Brasil, o longa já tinha sido visto por quase meio milhão de pessoas na Europa. Somente na França em apenas quatro semanas de exibição o filme superou a marca de 150 mil ingressos vendidos. Na Itália alcançou a 8ª posição do ranking dos filmes mais vistos. Nos Estados Unidos teve uma bilheteria considerada satisfatória para uma produção estrangeira, arrecadando $376,986 mil.

Trailer do filme