Regras:Normas Editoriais

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa

A plataforma wiki que hospeda o Dicionário Carioca de Favelas. Nela estão publicadas todas as ementas recebidas até o momento. Quaisquer eventuais modificações e edições por parte das(dos) autoras (autores) e editoras (editores) poderão ser realizadas após a publicação, diretamente através da plataforma.

2 – Como o objetivo do dicionário é contribuir para a difusão da informação para um público ampliado enfatizamos a importância do uso de uma linguagem direta, acessível e de fácil compreensão na produção dos verbetes.

3 – As ementas devem ter em torno de 400 palavras e os verbetes completos devem ter entre 2500 a 4000 palavras.

4 – As ementas podem ser produzidas a partir de relatos de experiências pessoais, de trajetórias de vida baseadas em história oral, de resultados de pesquisas realizadas pela(o) autora(autor) do verbete e consulta de fontes primárias (documentos, leis, jornais. imagens, etc) e secundárias (livros, artigos, relatórios, etc).

5 – As (os) autores devem seguir as seguintes orientações para a elaboração dos verbetes:

a) Todos verbetes a serem publicados devem explicitar como o tema escolhido se relaciona com as favelas cariocas;

b) As ementas e verbetes que contenham citações ou referências bibliográficas devem vir acompanhadas de uma lista de referências bibliográficas após o texto (evitar o excesso de referências, já que a ideia é uma linguagem direta);

c) As ementas e verbetes que resultem de pesquisas anteriores devem apresentar fundamentalmente os resultados e não os detalhes metodológicos da pesquisa realizada;

d) As ementas e verbetes que contenham informações e dados oriundos da experiência pessoal não precisam vir acompanhadas de uma lista de referências bibliográficas;

e) As ementas e verbetes que contenham citações de entrevistas ou de relatos de vida devem contar com a autorização da pessoa entrevistada. Caso o entrevistado não queira ser identificado, a(o) autora(autor) deve fazer referência anônima à posição social da(o) entrevistado(a) de forma a não revelar a identidade. Ex: agente de saúde, liderança do turismo local, etc.;

f) A utilização de imagens nos textos é possível, porém devem ser autorizadas quando envolverem pessoas e não forem imagens públicas.

g) A utilização de siglas ao longo do texto deve vir acompanhada de uma explicação em nota de pé de página ou no corpo do texto seguido de parênteses. Ex: Ministério Público do Trabalho (MPT);