Mudanças entre as edições de "Teleférico do Morro da Providência"

De Dicionário de Favelas Marielle Franco
(teleférico morro da providência)
 
 
(3 revisões intermediárias por um outro usuário não estão sendo mostradas)
Linha 1: Linha 1:
&nbsp; <meta charset="utf-8"></meta>
 
<span style="font-size:small;"><span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">'''Teleférico do Morro da Providência'''</span></span>
 
  
<span style="font-size:small;"><span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">'''Em fevereiro de 2012 iniciou as obras do transporte aéreo por cabo , o teleférico do Morro da Providência, como parte do programa de revitalização do Porto Maravilha. que ligava da Central do Brasil&nbsp; a Praça Américo Brum e a estação Barão da Gamboa a Praça Américo Brum(destino final) totalizando 3 estações e com capacidade de mil pessoas por hora.'''</span></span>
+
<span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">Autoria:&nbsp;<bdi>[https://wikifavelas.com.br/index.php?title=Usuário:Andreza_Santos&action=edit&redlink=1 Andreza Santos].</bdi></span>
  
<span style="font-size:small;"><span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">'''Inaugurado 2 de julho de 2014, a contragosto dos moradores da região, haja vista que foram feitas&nbsp; remoções do espaço de lazer, a Praça Américo Brum, que teve seu tamanho reduzido mais da metade e remoções de casas.'''</span></span>
+
= <span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">O Teleférico</span> =
  
<span style="font-size:small;"><span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">'''O projeto que custou 75 milhões de reais no ano de 2016, teve seu funcionamento interrompido por falta de verbas para manutenção e desde então as estações e continuam paradas e sendo vigiadas pela UPP,que ocupa único espaço de lazer da comunidade.'''</span></span>
+
<span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;"><span style="font-size:small;">Em fevereiro de 2012 iniciou as obras do transporte aéreo por cabo , o teleférico do Morro da Providência, como parte do programa de revitalização do Porto Maravilha. que ligava da Central do Brasil&nbsp; a Praça Américo Brum e a estação Barão da Gamboa a Praça Américo Brum(destino final) totalizando 3 estações e com capacidade de mil pessoas por hora.</span></span>
  
<span style="font-size:small;"><span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;">'''Esse transporte aéreo por cabo, no seu funcionamento, trouxe visibilidade e acesso a turistas para visitação do mirante e com isso um aumento considerável de clientes para o Bar da Jura, localizado na Praça Américo Brum. Hoje sem utilidade, traz riscos para a população devido a falta de manutenção e prejuízo econômico devido falta de acessibilidade para turistas.'''</span></span>
+
<span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;"><span style="font-size:small;">Inaugurado 2 de julho de 2014, a contragosto dos moradores da região, haja vista que foram feitas&nbsp; remoções do espaço de lazer, a Praça Américo Brum, que teve seu tamanho reduzido mais da metade e remoções de casas.</span></span>
 +
 
 +
<span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;"><span style="font-size:small;">O projeto que custou 75 milhões de reais no ano de 2016, teve seu funcionamento interrompido por falta de verbas para manutenção e desde então as estações e continuam paradas e sendo vigiadas pela UPP, que ocupa único espaço de lazer da comunidade.</span></span>
 +
 
 +
<span style="font-family:Arial,Helvetica,sans-serif;"><span style="font-size:small;">Esse transporte aéreo por cabo, no seu funcionamento, trouxe visibilidade e acesso a turistas para visitação do mirante e com isso um aumento considerável de clientes para o Bar da Jura, localizado na Praça Américo Brum. Hoje sem utilidade, traz riscos para a população devido a falta de manutenção e prejuízo econômico devido falta de acessibilidade para turistas.</span></span>
 +
 
 +
&nbsp;
 +
 
 +
&nbsp;
 +
 
 +
[[Category:Providencia]][[Category:UPP]][[Category:Temática - Urbanização]][[Category:Temática - Mobilidades]]

Edição atual tal como às 14h38min de 16 de maio de 2020

Autoria: Andreza Santos.

O Teleférico

Em fevereiro de 2012 iniciou as obras do transporte aéreo por cabo , o teleférico do Morro da Providência, como parte do programa de revitalização do Porto Maravilha. que ligava da Central do Brasil  a Praça Américo Brum e a estação Barão da Gamboa a Praça Américo Brum(destino final) totalizando 3 estações e com capacidade de mil pessoas por hora.

Inaugurado 2 de julho de 2014, a contragosto dos moradores da região, haja vista que foram feitas  remoções do espaço de lazer, a Praça Américo Brum, que teve seu tamanho reduzido mais da metade e remoções de casas.

O projeto que custou 75 milhões de reais no ano de 2016, teve seu funcionamento interrompido por falta de verbas para manutenção e desde então as estações e continuam paradas e sendo vigiadas pela UPP, que ocupa único espaço de lazer da comunidade.

Esse transporte aéreo por cabo, no seu funcionamento, trouxe visibilidade e acesso a turistas para visitação do mirante e com isso um aumento considerável de clientes para o Bar da Jura, localizado na Praça Américo Brum. Hoje sem utilidade, traz riscos para a população devido a falta de manutenção e prejuízo econômico devido falta de acessibilidade para turistas.