Anistia Internacional Brasil

De Dicionário de Favelas Marielle Franco

Autora: Thaís Cruz

Logo-anistia.png

Histórico

A Anistia Internacional foi fundada em 1961 pelo advogado britânico Peter Benenson. É uma organização não governamental, independente de qualquer ideologia política, interesse econômico ou religião, além de ser financeiramente autônomo. É um movimento global com mais de 10 milhões de pessoas, que realiza ações e campanhas para que os direitos humanos internacionalmente reconhecidos sejam respeitados e protegidos. A Anistia está presente em mais de 150 países e tem como compromisso: a justiça, a igualdade e a liberdade. Qualquer cidadão ou cidadã pode se tornar membro da Anistia Internacional e ajudar a promover uma mudança real no mundo. O trabalho da Anistia permite a descoberta de fatos relacionados às violações de direitos humanos e leva a demandas por mudanças.

Estrutura organizacional

Direção Executiva

A direção é responsável pela coordenação de todas as nossas atividades, assegurando que cumpramos a missão de defender os direitos humanos.

Operações

Sob a área de Operações, estão as equipes de Administrativo e Recursos Humanos, Base de Dados e Financeiro.

Captação e Mobilização de Recursos

Sob a estrutura da área de Captação e Mobilização de Recursos, estão as equipes de Retenção e Relacionamento com Apoiadores, Captação de Recursos via Diálogo Direto e Captação de recursos em Meios Digitais.

Programas e Campanhas

Integram a área de Programas e Campanhas as seguintes equipes: Ativismo e Mobilização, Campanhas e Comunicação e Pesquisa, Educação em Direitos Humanos, Políticas e Advocacy.

Atuação

As principais áreas de atuação da organização são: segurança pública e direitos humanos, defensores de Direitos Humanos, desenvolvimento e direitos humanos, direitos indígenas, direito à terra e justiça de transição. A atuação se divide em três eixos: pesquisa, incidência e campanha e mobilização. Na pesquisa é feito o levantamento de informações, documentação e análise sobre as violações de direitos humanos por parte de governos e atores privados. Na incidência usam os resultados das análises para influenciar e pressionar governos, empresas e tomadores de decisão a fazer o que é certo. No último eixo, através de petições, cartas e ações nas ruas e online, mobilizam o apoio de pessoas e instituições em todo o mundo, elevando a pressão para fazer a mudança acontecer.

Algumas campanhas

Escreva por Direitos

A campanha Escreva por Direitos, da Anistia Internacional, ocorre todos os anos desde 2009. Este ano, a maior campanha de direitos humanos do mundo começa dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos – em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi aprovada, em 1948. Escreva por Direitos tem como objetivo trazer mudanças para a vida de pessoas ou comunidades que sofreram ou estão em risco de sofrer violações de direitos humanos. Entre as muitas ações desenvolvidas na campanha, a Anistia Internacional leva casos de pessoas, grupos e comunidades aos tomadores de decisão que podem mudar a situação, dá visibilidade por meio de ações públicas e traz atenção internacional por meio da mídia e da exposição na internet.

Nossas Vidas Importam

Devido às desigualdades que marcam o Brasil, moradoras e moradores de favelas e periferias, pessoas em privação de liberdade, incluindo jovens do sistema socioeducativo, população negra, pessoas em situação de rua, pessoas com condições de moradia inadequada, mulheres, cis e trans, quilombolas, povos indígenas, populações tradicionais, migrantes e refugiados, trabalhadores e trabalhadoras autônomas, principalmente informais, população LGBTQI, crianças, adolescentes e idosos desses segmentos estão em maior risco.

Os Estados têm a obrigação de proteger e garantir o direito de todas e todos à saúde, sem discriminação. No entanto, as respostas das autoridades municipais, estaduais e federais para atender às necessidades dessas pessoas são insuficientes e inadequadas até aqui. Por isso, junto a mais de 30 organizações e movimentos parceiras e parceiros da Anistia Internacional, reunimos uma lista de recomendações com medidas urgentes e coordenadas para responder a esta crise. Nossas vidas importam!

Debates

Contato

Site institucional: https://anistia.org.br/

Facebook: Anistia Internacional Brasil

Instagram: @anistiabrasil

Twitter: @anistiabrasil

Youtube: Anistia Internacional Brasil