Sanitização comunitária, articulações e trocas de conhecimentos para ‘cuidar dos nossos’: Entrevista com Thiago Firmino, liderança da favela Santa Marta, Rio de Janeiro (artigo)

Por equipe do Dicionário de Favelas Marielle Franco
Autoria: Palloma Valle Menezes e Apoena Dias Mano.

Resumo[editar | editar código-fonte]

Na entrevista que se segue, ocorrida em 14 de julho de 2020, Thiago relata suas experiências e impressões do combate à Covid-19 na favela Santa Marta. Numa cronologia pessoal que se entrelaça com a história da favela, ele apresenta reflexões desde os momentos anteriores à chegada da pandemia até suas expectativas para o futuro. Transitando entre o envolvimento em projetos sociais e o trabalho como guia de turismo, ou desde o seu envolvimento na rádio comunitária até a criação do conjunto de grupos de WhatsApp para a comunicação entre os moradores, seus relatos expressam que a constituição e preservação de redes de contatos em sua trajetória foi determinante para a possibilidade de implementar ações rápidas e eficientes no combate às desigualdades expressas pela pandemia.

Acesso ao artigo[editar | editar código-fonte]

load PDF