Luto como mãe (documentário)

Por equipe do Dicionário de Favelas Marielle Franco
Revisão de 19h05min de 16 de dezembro de 2019 por Caiqueazael (discussão | contribs) (Criou página com ' Fonte: [https://oglobo.globo.com/rio/documentario-luto-como-mae-revela-dor-de-maes-que-perderam-filhos-para-violencia-2965052 O][https://oglobo.globo.com/rio/documentario-lut...')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

Fonte: O Globo

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Ano de lançamento: 2011

Direção: Luis Carlos Nascimento

Gênero: Documentári

 

Sobre o Filme[editar | editar código-fonte]

Luto como mãeé um retrato comovente do sofrmento e da coragem das mães que decidiram buscar respostas para crimes como a Chacina do Acari e a Chacina da Via Show. Entre 2004 e 2008, Luis Carlos Nascimento acompanhou o dia a dia dessas mulheres que correm contra o tempo, o esquecimento e a impunidade, transformando a luta em movimentos em busca de uma sociedade melhor. Os depoimentos são intercalados com imagens - muitas feitas por elas próprias, que receberam uma câmera do cineasta - de manifestações, de julgamentos, dos filhos mortos, de reportagens sobre as chacinas e de momentos de solidariedade com outras mães que também se tornaram vítimas da violência. Algumas das cenas mais emocionantes são protagonizadas por Vera Lúcia Flores, uma das "Mães de Acari".

 [editar | editar código-fonte]

Trailer do filme[editar | editar código-fonte]

[editar | editar código-fonte]