Minas Gás

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa

Autoria: Hugo Fanton.

O movimento

O movimento de moradia do projeto Minas Gás nasceu em 06/12/1983, criado pela iniciativa comunitária de grupos de moradores que, por longo tempo, reuniam-se refletindo sobre o trabalho social junto à comunidade Jardim das Graças, na Zona Oeste de São Paulo. Em parceria com a Prefeitura de São Paulo, conquistou o maior projeto realizado na comunidade, atendendo 520 famílias que residiam em barracos de madeira sem saneamento básico e hoje moram em suas próprias casas e apartamentos. Essas famílias deram início ao “PROJETO MINAS GÁS”. Na gestão Jânio Quadros, foram entregues 80 casas e um Centro comunitário na primeira fase do projeto, pelo sistema de autoconstrução e por empreiteiras, financiado pelo governo e pago pelos moradores em carnê. Na gestão Luiza Erundina, foram 240 apartamentos entregues. As conquistas seguiram na gestão Marta Suplicy, 100 apartamentos e uma unidade Telecentro, e na gestão Fernando Haddad, com 100 apartamentos entregues. Em 11/06/2015, o último grupo de barracos foi desmontado e foi expedida a reintegração de posse, deixando 102 famílias sem a assistência devida e que seguem em luta por seus direitos. A comunidade segue organizada para cobrar dos governantes a continuidade do Projeto Minas Gás, pois ainda existe uma parte do terreno que pode ser destinada à moradia popular.

Fotos

 

RTENOTITLE

 

 

 

 

Minas Gás 1.jpeg