Mudanças entre as edições de "Usuária:Anabela Paiva"

De Dicionario de Favelas Marielle Franco
Ir para: navegação, pesquisa
m (Gabriel moveu Anabela Paiva para Usuária:Anabela Paiva sem deixar um redirecionamento)
 
Linha 1: Linha 1:
 +
 
Anabela Paiva é jornalista sênior e coordena projetos de comunicação e pesquisa. Foi coordenadora de comunicação do Observatório da Intervenção, realizado pelo&nbsp;Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) da Universidade Candido Mendes, onde desde 2004 realiza pesquisas sobre os temas Mídia e Violência. Participou da formulação e implantação do programa UPP Social, sendo responsável pela criação da sua estratégia de comunicação, voltada à integração das comunidades pacificadas ao conjunto da cidade do Rio de Janeiro. &nbsp; É autora do livro&nbsp;''Mídia e Violência: Novas Tendências na Cobertura de Criminalidade e Segurança no Brasil''(IUPERJ, 2007) e do estudo&nbsp;''A blogosfera policial no Brasil: Do tiro ao twitter (''UNESCO, 2009), ambos com Silvia Ramos. Também escreveu, com Julita Lemgruber, a biografia&nbsp;''A dona das Chaves''&nbsp;(Record, 2010). Formada em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, foi editora do Caderno B do&nbsp;''Jornal do Brasil''&nbsp;e coordenadora do site de reportagens e artigos&nbsp;<u>[http://www.no.com/ www.no.com]</u>. Trabalhou nas revistas&nbsp;''Época&nbsp;''e''&nbsp;IstoÉ''&nbsp;e foi correspondente, nos Estados Unidos, da&nbsp;''Veja''.&nbsp;
 
Anabela Paiva é jornalista sênior e coordena projetos de comunicação e pesquisa. Foi coordenadora de comunicação do Observatório da Intervenção, realizado pelo&nbsp;Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) da Universidade Candido Mendes, onde desde 2004 realiza pesquisas sobre os temas Mídia e Violência. Participou da formulação e implantação do programa UPP Social, sendo responsável pela criação da sua estratégia de comunicação, voltada à integração das comunidades pacificadas ao conjunto da cidade do Rio de Janeiro. &nbsp; É autora do livro&nbsp;''Mídia e Violência: Novas Tendências na Cobertura de Criminalidade e Segurança no Brasil''(IUPERJ, 2007) e do estudo&nbsp;''A blogosfera policial no Brasil: Do tiro ao twitter (''UNESCO, 2009), ambos com Silvia Ramos. Também escreveu, com Julita Lemgruber, a biografia&nbsp;''A dona das Chaves''&nbsp;(Record, 2010). Formada em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, foi editora do Caderno B do&nbsp;''Jornal do Brasil''&nbsp;e coordenadora do site de reportagens e artigos&nbsp;<u>[http://www.no.com/ www.no.com]</u>. Trabalhou nas revistas&nbsp;''Época&nbsp;''e''&nbsp;IstoÉ''&nbsp;e foi correspondente, nos Estados Unidos, da&nbsp;''Veja''.&nbsp;
 +
 +
[[Category:Autores(as)]]

Edição atual tal como às 15h48min de 30 de julho de 2019

Anabela Paiva é jornalista sênior e coordena projetos de comunicação e pesquisa. Foi coordenadora de comunicação do Observatório da Intervenção, realizado pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) da Universidade Candido Mendes, onde desde 2004 realiza pesquisas sobre os temas Mídia e Violência. Participou da formulação e implantação do programa UPP Social, sendo responsável pela criação da sua estratégia de comunicação, voltada à integração das comunidades pacificadas ao conjunto da cidade do Rio de Janeiro.   É autora do livro Mídia e Violência: Novas Tendências na Cobertura de Criminalidade e Segurança no Brasil(IUPERJ, 2007) e do estudo A blogosfera policial no Brasil: Do tiro ao twitter (UNESCO, 2009), ambos com Silvia Ramos. Também escreveu, com Julita Lemgruber, a biografia A dona das Chaves (Record, 2010). Formada em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, foi editora do Caderno B do Jornal do Brasil e coordenadora do site de reportagens e artigos www.no.com. Trabalhou nas revistas Época e IstoÉ e foi correspondente, nos Estados Unidos, da Veja